Agora sim – sobre minha sensibilidade”””o elo perdido entre tudo que é possível definir

há um mundo muito bonito dentro dos padrões. ele tem barba e pelos no peito, tem um pau enorme que estende tecidos entre as pernas das pessoas. há peles lisas das pessoas que ele quer atacar – o patrão. uma entidade tão antiga, o que vem antes defrente ao qual por vezes só parece haver duas posturas possíveis – mas há mais o que fazer do que fazer uma pose – respeitar ou enfrentar, submeter (a) ou desafiar. há um segredo que um outro padrão faz notar. é que o OU pode ser em capacidades humanas suspenso. Sou eu que estou sem tesão quando reparo que não há o que fazer com essas carnes humanas todas dançando? eu visto uma carcaça invisível em que a única entrada é quase só o que meu tato (audição) e as vezes olhos concebe do que me atravessa… danço. As vezes me ponho a vista dos outros. As vezes eles estão comigo. Uma moça muito bonita brinca sobre todos chamarem-na de louca. Ela não parecia drogada demais nem sofrendo. Tava era existindo perigosamente e fotografando tudo. Um sorriso lindo e empolgação de quem podia ter aspirado e oferecido pó pras pessoas no lugar. Oi! (dancinha infantil; bate bate de mãos com o coleguinha). Ele é lindo; mas eu não sou pra transar. Eu estou assim: os meus braços estão mais finos e eu danço mole, flúido. Não me sinto bonito aos olhos do patrão, não consigo mandar tampouco, mas danço assim mesmo. Invento pêndulos com cada soco; cabeças com cada pé; gargantas com cada sorriso; olhos com cada brilho no olho. E me confundo. Um dragão se movendo. Veja essas escamas se confundirem com penas. O ELO PERDIDO ENTRE TUDO QUE É POSSÍVEL DEFINIR.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s